Divulgação

Michele Collins: “Não podemos deixar as divergências ideológicas se sobrepor à luta em defesa das mulheres”

A vereador do Recife, Michele Collins (PP), repudiou ontem (07), durante reunião ordinária, uma “divisão” criada na bancada feminina do Poder Legislativo Municipal. De acordo com Michele, que também é Missionária, algumas vereadoras citaram o surgimento de uma nova bancada chamada de “Feminista”, gerando um racha no colegiado já existente, trazendo assim, na visão da parlamentar, fragilidade ao grupo que hoje é composto por 7 integrante.

“É lamentável nos depararmos com esta realidade, justo na semana em que celebramos a figura feminina no mundo inteiro.  O movimento feminista, tão defendido pela vereadoras que criaram o subgrupo na casa, é excludente quando decide se distanciar das demais vereadoras, dificultando assim o debate e o diálogo em defesas mulheres da cidade do Recife. Não podemos deixar as divergências ideológicas se sobrepor à luta em defesa das mulheres”, lamentou.

“Não sou feminista, mas sim feminina e por isso, defendo o direito à vida e os direitos que todas nós mulheres conquistamos. Defendo todas as mulheres independente de sua condição social, sua raça, ou orientação sexual. Por mais que existam divergências entre nossos entendimentos, precisamos preservar a convivência para geração políticas públicas em favor de todas nós”, disse.

Apesar das divergências de pautas defendidas na Casa de José Mariano, para Collins, a separação no grupo, não deveria existir.


08/03/2022 às 12:38 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Ao lado de João Campos, Sileno Guedes participa de caminhada da Frente Popular de Pernambuco em Brasília Teimosa, Zona Sul do Recife

A Frente Popular de Pernambuco deu a largada a campanha em Brasília Teimosa, na Zona …