Daniel Alves, Ricardo Valoies com Anderson Ferreira e Marlus Costa. Fotos: Reprodução

Daniel Alves sugere que Ricardo Valois está sem ter o que fazer na gestão Anderson Ferreira

Se na praia de Piedade são os tubarões que andam, ou melhor, nadam atacando, em terra, na verdade, no mundo virtual, tendo o Blog do Andros como plataforma, figuras políticas do Jaboatão também estão “mordendo”.

Nos espaços de comentários deste veículo, Ricardo Valois, ex-vice prefeito do Jaboatão, dono de um bom cargo na gestão Anderson Ferreira atualmente, resolveu mostrar os dentes contra esse Blog e de quebra, sem querer querendo, passou a mandíbula afiada também no vereador Marlus Costa, que vem propagando ser o autor do pedido, o qual, levou Anderson Ferreira a interditar o trecho onde aconteceram os ataques de tubarão, ali na altura da Igrejinha.

“A interdição de banho na área não foi só por ter o vereador solicitado”, disse Valois, (veja aqui), jogando um balde com água fria e salgada na propaganda de Marlus que em nenhum momento explicou os reais motivos da interdição, na tentativa de levar os créditos de forma exclusiva, se não fosse essa a intenção, por qual motivo não detalhou para seus seguidores? Abrindo um parênteses… Pode até não ser intencional, mas que Marlus sempre deixa no ar essa sensação que o prefeito é lerdo para certos problemas da cidade, isso deixa, concordam caros leitores?

Daniel Alves, candidato a prefeito nas últimas eleições em Jaboatão, na atualidade trabalhando na gestão do prefeito João Campos no Recife, resolveu entrar na parada… Em tom explicativo, coisa que Marlus deveria ter feito e não fez, disse que “a prefeitura (do Jaboatão) acatou a orientação do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões de Pernambuco, presidido pelo Cel. Valdy Oliveira que iniciará estudos ambientais na área.”

Evitou entrar em atrito com Marlus, tecendo elogios ao ex-colega de Casa Legislativa, “o vereador fez a parte dele, solicitou também, fez certo e cumpriu seu papel, está de parabéns” e numa pegada irônica deixou “uma sugestão ao prefeito (Anderson Ferreira)”, pedindo que coloque “esse senhor”, se referindo a Valois, para fiscalizar a Orla, “só assim ele faz alguma coisa na vida e deixa de atacar as pessoas nas redes sociais”, sugerindo que Ricardo Valois está sem o que fazer na gestão Anderson Ferreira.

Em tempo 1… Recentemente Ricardo Valois trocou farpas nas redes sociais com Márcio do Curado. É impressionante como Valois bem intencionado, até tenta defender a sua gestão, mas sempre acaba piorando as coisas, fazendo render mais e mais assuntos negativos. Repetindo o que já disse numa publicação: ele lembra a Chiquinha, personagem do seriado Chaves quando passa a defender o seu pai. Até tenta, mas só esculhamba a coisa. Veja a treta de Valois com Márcio clicando aqui.

Em tempo 2… Consultadas, fontes contaram que a decisão do prefeito Anderson Ferreira partiu antes mesmo de fazer qualquer reunião com o governo do Estado como citou Daniel Alves anteriormente, inclusive o prefeito de Jaboatão nem foi para essa reunião, pois já tinha tomado a decisão baseada em laudo do pesquisador da UFPE. Só após o prefeito de Jaboatão decretar oficialmente, o governo decidiu seguir, “para não ser desmoralizado.” Talvez por isso, Marlus resolveu não falar mais sobre o assunto, resumindo apenas ao seu requerimento, como quem diz… “fiz minha parte”.

Em tempo 3… A verdade é que político sempre vai querer valorar seu nome, para assim levar um pouquinho dos louros dos bons projetos. Quando a política for deixada um pouco de lado nesses casos que envolvem vidas, as coisas passarão a funcionar melhor. No mais, o importante é que no final das contas algo foi feito e quem sabe após estudos, teremos nosso pedacinho de mar de voltar para mergulhar com segurança.

29/07/2021 às 14:57 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Festival de Quadrilha do Jaboatão anuncia vencedora da categoria infanto-juvenil nesta quinta-feira

Foto: Leandro de Santana/PJG