Destaques!
Divulgação

Um ano após o Recife perder a Serpente Marinha, prefeitura inicia recuperação de peças do Parque das Esculturas

Um ano após o Recife perder para os vândalos, devido a falta de vigilância da prefeitura, a Serpente Marinha, uma das obras mais célebres do ceramista, escultor e artista plástico Francisco Brennand, a gestão João Campos finalmente iniciou no sábado (04) ações para restaurar e recuperar as mais de 100 peças que compõem o Parque das Esculturas.

Serão investidos R$ 5,5 milhões no espaço considerado um dos mais importantes cartões postais da capital pernambucana, que fica localizado de frente ao Marco Zero, no bairro do Recife. O co-autor do projeto, Jobson Figueiredo, é quem vai ficar responsável pelas restaurações. O Gabinete de Projetos Especiais vai auxiliar o restaurador.

De acordo com a Prefeitura do Recife, durante todo o período de trabalhos, o parque permanecerá aberto ao público, sendo cada uma das peças isoladas para a realização dos serviços. Só será fechado à visitação quando houver a necessidade de uso de equipamentos maiores para realizar a remoção de alguns itens que sejam necessários de serem levados para a Oficina Brennand.

A maior peça do acervo a céu aberto é a Torre de Cristal, que conta com pouco mais de 30m de altura. A intervenção que será feita em etapas levará um ano até ser concluída.


06/12/2021 às 18:50 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Recife apresenta reforço na saúde: “Vamos fazer a nomeação de 483 profissionais”, revela o prefeito João Campos

O prefeito do Recife, João Campos, anunciou ontem que a partir desta semana até o …