Antonio Ribeiro Júnior. Foto: Divulgação

Primeira federação partidária é aprovada e vai impactar nas eleições 2022

Nesta terça (24), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o registro da primeira federação partidária. Chamada ‘Brasil da Esperança’, a federação envolverá o Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e pelo Partido Verde (PV). Esta modalidade de aliança permite que as siglas se unam para a disputa eleitoral de outubro como um único partido por, pelo menos, quatro anos. Diferente das coligações (que foram proibidas), com a federação, os partidos atuarão como um só, mesmo depois da eleição. 

“Enquanto a federação tem uma relação partidária, a coligação é uma relação meramente política, pois tem validade somente para fins eleitorais, não se mantendo depois do término das eleições”, adiantou o consultor jurídico e especialista em direito eleitoral, Antonio Ribeiro Junior. Segundo ele, as chamadas federações vão impactar nas eleições nacionais e no Estado de Pernambuco, inclusive a sucessão para os prefeitos em 2024. 

De acordo com o advogado na área de Direito Público, professor e sócio do escritório Herculano & Ribeiro Advocacia, o prazo autorizado pelo Supremo Tribunal Federal aos partidos para a formalização das federações partidárias deve ser validado pela Justiça Eleitoral até o dia 31 de maio deste ano.


25/05/2022 às 14:54 – Da assessoria para o Blog do Andros

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Vice de Miguel Coelho será uma mulher

Uma mulher foi escolhida para caminhar ao lado de Miguel Coelho na corrida rumo ao …