Divulgação

“O novo terminal de gás GLP vai gerar emprego e renda”, comenta Paulo Câmara

Mil empregos durante as obras, é o que vai gerar o novo terminal de tancagem de gás de cozinha (Gás Liquefeito de Petróleo – GLP) que será instalado no Complexo Industrial e Portuário de Suape, no Cabo de Santo Agostinho. Com investimento de R$ 1,2 bilhão, o projeto é uma parceria entre a Nacional Gás, do Grupo Edson Queiroz, e a Liquigás e Copagaz, da Copa Energia, para garantir o abastecimento da região Nordeste, que atualmente conta com estoque de apenas quatro dias.

“O novo terminal de gás GLP vai gerar emprego e renda, e é mais um polo de infraestrutura fundamental para o crescimento do Estado. Estamos muito confiantes de que, mesmo com a pandemia, com trabalho sério e planejamento vamos conseguir avançar e continuar fazendo de Pernambuco um lugar cada vez melhor para investir, com bons empregos e qualidade de vida”, comentou o governador Paulo Câmara.

O novo terminal contará com unidade de infraestrutura de 90 mil metros cúbicos de tancagem, além da implantação de dutos para movimentar a matéria-prima e fazer as conexões logísticas. A previsão é de que o terminal, de 60 mil metros quadrados, comportará anualmente cerca de 1,5 milhão de toneladas de GLP.


15/07/2021 às 09:31 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Marília Arraes reforça aliança com Elias em encontro de apoio no Jaboatão nesta quinta-feira

Marília. Foto: Solidariedade / Elias. Foto: Divulgação