Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Miguel Coelho é rifado pelo MDB. Se quiser concorrer ao Estado em 2022 terá que mudar de partido

Miguel Coelho, prefeito de Petrolina, nome que vinha estampando matérias de blogs e jornais como um dos melhores para enfrentar o PSB do atual Governo do Estado nas eleições do próximo ano, levou uma rasteira do seu partido. É que o MDB, sua sigla, decidiu seguir na Frente Popular, ou seja, se manter onde já estava, apoiando Paulo Câmara e companhia.

Agora, para ser candidato ao Estado, o jovem administrador da “Califórnia Sertaneja” vai precisar mudar de partido. O presidente estadual do MDB, o deputado federal, Raul Henry, usou como justificativa a aproximação de Miguel com o presidente Jair Bolsonaro. “É pública a aliança política entre o grupo liderado pelo senador Fernando Bezerra Coelho e o presidente Bolsonaro”, escreveu Henry em nota à imprensa. Fernando Bezerra é pai de Miguel e líder do governo Bolsonaro no Senado.

“Lamento profundamente tal decisão”, comentou Miguel acrescentando que o desejo de mudança para melhor não é apenas dele, e sim “de milhões de pernambucanas e pernambucanos”. Ainda não sabemos qual será a decisão do prefeito. Vamos esperar para ver qual postura ele adotará, tudo indica que vai para o DEM de Mendonça Filho.


14/07/2021 às 11:33 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Marília Arraes reforça aliança com Elias em encontro de apoio no Jaboatão nesta quinta-feira

Marília. Foto: Solidariedade / Elias. Foto: Divulgação