Divulgação

“Garantir a preservação do meio ambiente é a nossa missão”, diz Doutora Nadegi ao sancionar a lei de coleta seletiva

Com a Lei 873/21, que institui a coleta seletiva em Camaragibe, sancionada na manhã de ontem pela prefeita Doutora Nadegi, ecopontos e centrais de resíduos serão espalhados em locais estratégicos da cidade. Trabalho de educação sustentável em escolas e orientação para os moradores sobre a questão da consciência ambiental, também fazem parte das ações trazidas com a nova lei.

“Garantir a preservação do meio ambiente de maneira equilibrada dando dignidade e qualidade de vida aos catadores é a nossa missão. Nos comprometemos em preservar o meio ambiente. E, para isso, precisamos fazer com que a cidade seja sustentável. Estamos começando com um passo importantíssimo para essa meta em Camaragibe”, destacou a Doutora Nadegi ao falar sobre a novidade.

Vale ressaltar que em 2020, o lixão da cidade foi fechado, como prometeu a prefeita na campanha. Em Agosto de 2021, os catadores do local foram direcionados para trabalhar em cooperativa, criando assim o primeiro Centro Municipal de Coleta Seletiva de Camaragibe.

“Agora, com a legislação que disciplina o gerenciamento dos resíduos sólidos da cidade e educa os moradores sobre conservação ambiental, será garantida uma renda digna para os catadores e conscientização ambiental, dando mais um passo para o desenvolvimento sustentável da cidade”, garante a administração municipal.


20/01/2022 às 11:44 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Alceu Valença será uma das atrações da festa em comemoração aos 40 anos de Camaragibe

Camaragibe está fazendo 40 anos e quem ganha o presente são os fãs de Alceu …