Fotos: Beto Barata e Agência Senado

Fernando Bezerra Coelho é indiciado pela Polícia Federal por propina de R$ 10 milhões quando era ministro do governo Dilma

O líder do governo Bolsonaro no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), foi indiciado pela Polícia Federal acusado de ter recebido propina de R$ 10 milhões quando era ministro do governo Dilma Rousseff.

Fernando Bezerra Coelho Filho (DEM), deputado federal e filho do senador, também está sendo investigado. Eles foram indiciados pelos crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica, falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro. O inquérito foi enviado ao STF. Após encaminhar a decisão, a PF solicitou bloqueio de R$ 20 milhões nas contas de ambos.

Existem “provas suficientes da materialidade de diversas práticas criminosas nos eventos investigados neste inquérito, notadamente com relação à prática dos delitos de corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, associação criminosa, falsidade ideológica e omissão de prestação de contas”, diz no relatório do inquérito, a Polícia Federal.

09/06/2021 às 09:09 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Marília Arraes reforça aliança com Elias em encontro de apoio no Jaboatão nesta quinta-feira

Marília. Foto: Solidariedade / Elias. Foto: Divulgação