Divulgação

“Estou migrando por entender a necessidade do Brasil voltar a crescer”, explica professor Arimateia ao deixar o Solidariedade pelo PT

O vice-prefeito do Cabo de Santo Agostinho, professor José de Arimateia, está deixando o Solidariedade e seguindo para o PT. A filiação que acontece no dia 24 de setembro, com evento marcado na Câmara de Vereadores do Cabo, servirá, segundo a base petista, para consolidar a sigla na Região Metropolitana do Recife (RMR) de olho na corrida do ex-presidente Lula ao Planalto.

O partido de esquerda, em Pernambuco, mantém políticos com mandatos apenas no Agreste e no território sertanejo, em cidades como Serra Talhada, Granito, Orocó e Tacaimbó e Águas Belas, no Agreste. “A vinda dele vem com esse objetivo de criar uma dinâmica maior na região do Grande Recife, o partido está precisando”, comentou o presidente
estadual do PT, o deputado Doriel Barros em entrevista ao Diario de Pernambuco.

Continua após a publicidade

Publicidade

Ainda ao mesmo jornal, Arimateia explicou que está migrando por “entender a necessidade do Brasil voltar a crescer”, e o nome que representa isso hoje, segundo ele, é o presidente Lula. “Estou em um lugar que me faz bem e com isso posso ajudar a fazer a mudança que o Brasil precisa”, afirmou.

O contraste é que Keko do Armazém, prefeito do Cabo, e amigo de Arimateia, é do Partido Liberal, comandado por Anderson Ferreira, prefeito do Jaboatão, no Estado, que flerta com o bolsonarismo, cujo seu irmão, o deputado André Ferreira, é vice-líder do Governo na Câmara dos Deputados. E assim o Cabo segue com a esquerda e a “direita” de uma única vez em seu comando. Coisas da política brasileira.

André Ferreira, Keko do Armazém, Anderson Ferreira e Arimateia quando decidiu aderir a chapa encabeçada por Keko ano passado. Foto: Divulgação


17/09/2021 às 09:51 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Marília Arraes reforça aliança com Elias em encontro de apoio no Jaboatão nesta quinta-feira

Marília. Foto: Solidariedade / Elias. Foto: Divulgação