Imagem/Reprodução

“Especial Raio-X da Câmara do Jaboatão” ganha destaque no Blog do Jorge Lemos

A coluna de Olho na Política, escrita e publicada pelo jornalista Jorge Lemos em seu Blog, destacou na publicação desta sexta-feira (14) o “Especial Raio-X da Câmara do Jaboatão”, idealizado pelo Blog do Andros. No texto, cujo a base foi o nosso especial, o blogueiro questiona se “realmente é preciso ter Câmara Municipal” e classifica a Casa Legislativa do Jaboatão como “inexpressiva” e que “não atende os anseios da sociedade.”

“Uma Câmara sem expressão que não conseguem fazer o debate necessário, porque muitos só estão preocupados em limpar canais, canaletas, fossas, calçar ruas, pintar banco de praça, e o verdadeiro papel do vereador é deixado de lado. Muitos passam o tempo no Complexo Administrativo de Jaboatão com a cuia na mão em busca de cargos comissionados. Realmente a Câmara de Jaboatão é inexpressiva e não atende os anseios da sociedade”, disse o jornalista. Veja abaixo o texto na íntegra, está imperdível.

Coluna de Olho na Política: O que faz a Câmara de Jaboatão dos Guararapes?

O Blog do Andros iniciou uma série de reportagem sobre a funcionalidade da Câmara de Vereadores de Jaboatão dos Guararapes. É um verdadeiro raio x que tem chamado atenção dos munícipes. Fica aquela pulga atrás da orelha. Realmente é preciso ter câmara municipal? Vamos aos fatos. Como o Portal da Transparência é desatualizado, o Blog do Andros pediu informações ao Tribunal de Contas de Pernambuco. Os números são gritantes para o que é produzido naquela casa. A Câmara paga R$ 26,6 milhões por ano de folha de pessoal e R$ 4,7 milhões por ano em ticket refeição. A grande questão é que o funcionamento da Câmara de Jaboatão é até às 13h.

Uma descoberta que deixa todos estarrecidos é que a Câmara de Jaboatão só aprovou três leis em 2020. O primeiro projeto de lei foi para aumentar o salário do prefeito e dos próprios vereadores, o outro institui o dia 10 de setembro, como dia oficial da Corrida dos Guararapes e a última lei a que veda servidores a permuta de estabilidade financeira.

O que mudou na vida do cidadão de Jaboatão ? Uma câmara sem expressão. Tem 2, 3, 4 quadros bons, mas que não conseguem fazer o debate necessário, porque muitos só estão preocupados em limpar canais, canaletas, fossas, calçar ruas, pintar banco de praça, e o verdadeiro papel do vereador é deixado de lado. Muitos passam o tempo no Complexo Administrativo de Jaboatão com a cuia na mão em busca de cargos comissionados. Realmente a Câmara de Jaboatão é inexpressiva e não atende os anseios da sociedade. Vamos acompanhar de perto a atuação de cada parlamentar.

14/05/2021 às 18:31 – Por Jorge Lemos na Coluna de Olho na Política

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Marília Arraes reforça aliança com Elias em encontro de apoio no Jaboatão nesta quinta-feira

Marília. Foto: Solidariedade / Elias. Foto: Divulgação