Foto: Divulgação

Em Vitória, milho assado só na churrasqueira. Decreto proíbe moradores de acender fogueiras e queimar fogos

Os moradores de Vitória estão proibidos de acender fogueiras e queimar fogos de artifício, tanto em espaços públicos como também nos privados. Na tarde da sexta-feira (11), o prefeito Paulo Roberto publicou um decreto que vai durar todo o período de estado de calamidade pública. De acordo com a prefeitura, a medida visa evitar a sobrecarga nos hospitais durante o ciclo junino.

“A fumaça das fogueiras pode gerar problemas respiratórios nas pessoas, além das queimaduras que também podem ser geradas pelos fogos de artifício, tudo isso junto pode levar a uma sobrecarga nos hospitais e centro de saúde, que já andam com lotação nos leitos de enfermarias e UTIS, seja no SUS, seja pra quem tem plano de saúde”, destacou o prefeito.

Quem flagrar uma pessoa acendendo fogueiras ou soltando fogos de artifício deve denunciar a Polícia Militar pelo 190 ou diretamente no número 3526-8900, do 21º Batalhão da PM, com sede em Vitória. Quem for pego descumprindo o decreto é enquadrado no artigo 268, do Código Penal, que pune quem infringir determinação do Poder Público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, tem pena de detenção, de um mês a um ano, e paga multa.

12/06/2021 às 10:50 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Marília Arraes reforça aliança com Elias em encontro de apoio no Jaboatão nesta quinta-feira

Marília. Foto: Solidariedade / Elias. Foto: Divulgação