Paulo Farias, Romero Albuquerque e o momento que o deputado agride o homem no Recife. Imagens/Reprodução

Em seu Blog, o advogado Paulo Farias fala sobre o caso do deputado estadual Romero Albuquerque

O conceituado advogado Paulo Farias, escreveu no seu Blog, neste sábado (26), sobre o caso do deputado estadual por Pernambuco, Romero Albuquerque (União Brasil), que desferiu um tapa no rosto de um homem que apareceu num vídeo batendo em um cachorro.

O caso aconteceu na sexta-feira (25) no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, em frente às equipes da Polícia Civil e da Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais do Recife (Seda).

Farias classificou o episódio protagonizado pelo deputado como “covarde”. No título do seu texto ele escreveu: “Um covarde bate num bicho e outro bate num homem”. O Blog do Andros reproduziu o texto, o qual você confere na íntegra abaixo. Veja vídeo no final do escrito.

Um covarde bate num bicho e outro bate num homem. É a síntese do caso do Deputado Romero Albuquerque

A ninguém é dado o direito de fazer justiça com as próprias mãos. Aos homens públicos cabe o equilíbrio e a consciência de fazer cumprir sempre a lei.

A agressão a um animal é repugável, é um ato covarde, inaceitável. Da mesma forma, um Deputado Estadual ou qualquer Cidadão, não pode nem deve usar do exercício das próprias razões, sob qualquer hipótese. Revidar uma agressão com outra é como se o Estado punisse com a morte o homicida e, não com a pena prevista no Código Penal Brasileiro.

Muito embora, estejamos vivendo num Estado Democrático de Direito, o Deputado Estadual Romero Albuquerque(União Brasil) ainda vive sob a égide da Lei de Talião: “olho por olho e dente por dente”.

Pois bem, o Deputado Estadual por Pernambuco, Romero Albuquerque (União Brasil) esmurrou no rosto um homem que estava batendo em um cachorro. O caso aconteceu nesta sexta-feira (25) no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, em frente às equipes da Polícia Civil e da Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais do Recife (Seda).

Conhecido por defender os direitos dos animais, o deputado diz ter sido procurado por outros ativistas para resgatar o animal que estava sendo agredido. Já pensou a polícia ser chamada para combater uma agressão, agredindo? Já pensou a polícia ser chamada para evitar um homicídio, matando? Essa parece ser a lógica do Deputado.

Em seu perfil do Instagram, Romero publicou o vídeo das agressões sofridas pelo animal, além de mostrar o agressor sendo preso e levado pelos policiais.

Já em outra postagem, é possível ver Romero em conversa com o dono do cachorro. ‘Olha para mim. Por que tu não bate em mim? Eu não sou do teu tamanho?”, indaga Romero antes de dar um murro no rosto do rapaz, que estava com as mãos para trás e não reage à ação do deputado. Todo o ato é filmado e realizado em frente às equipes da Polícia Civil e da Seda.

É preciso que a Justiça tome as providências quanto a quem foi flagrado por vídeo, agredindo os animais e a quem agrediu o homem. As duas atitudes são covardes e, acima de tudo criminosas. E o Estado não pode exercer o seu jus puniendi apenas contra o cidadão pobre e fechar os olhos para o Deputado que deveria dar exemplo de cidadania e acima de tudo, de equilíbrio e preparo. Prevarica a Polícia Militar que conduz apenas o cidadão pobre e deixa o Deputado Estadual livre, como se nada fizera. É lamentável.

Assista abaixo o vídeo divulgado pelo próprio deputado em suas redes sociais




26/03/2022 às 10:14 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

Shows de Geraldo Azevedo e Adilson Ramos estão na programação do Dia dos Pais do RioMar

O cantor Geraldo Azevedo, que completou 50 anos de carreira, vai realizar ao lado dos …