Imagem/Reprodução

De olho na Prefeitura do Jaboatão?

Estaria o delegado Antonio Resende, que foi candidato a prefeito no Cabo de Santo Agostinho nas eleições passadas pelo Podemos, já de olho na Prefeitura do Jaboatão, ou as visitas em municípios seriam um projeto para aventurar uma vaga na Alepe? Ele esteve na Yapoatan por esses dias, mas precisamente na altura do terminal de ônibus da comunidade Dom Helder Câmara gravando um vídeo.

Nas imagens, intitulada de “Chutando o Balde”, o policial civil aparece com alguns moradores tacando o pé no utensílio doméstico, enquanto faz críticas repetitivas ao prefeito Anderson Ferreira. Quase a cada frame por segundo, (exageros à parte) palavras como “pior prefeito da história do Jaboatão” e “Anderson imposto Ferreira” saem da boca do delegado, num ato típico de um candidato que ataca seu rival de olho em ocupar seu lugar.

Noutra cena, sentado num sofá velho colocado quase no meio da avenida, Resende, que por pouco não tomou um banho de água suja jorrado pela força de um coletivo trafegando ali, faz um convite a Anderson para tomar um café no local, com o intuito de mostrar os buracos na localidade ao gestor, além de aproveitar o momento para alfinetar também o ex-prefeito do Jaboatão de o “horroroso Elias Gomes”.

Antonio, natural do Rio de Janeiro, ainda acusa no texto, o qual acompanha a publicação nas redes sociais, Anderson e Elias, que são publicamente declarados rivais na política, de estarem “juntos no loteamento das secretarias do Cabo”. “Os dois piores prefeitos de Jaboatão mandam na saúde e educação cabense”, afirmou o carioca. Keko do Armazém, atual chefe do Pode Executivo, também recebeu o título de “pior prefeito da história” do protagonista do vídeo… Eita!


26/08/2021 às 12:40 – Por Andros Silva

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

I Festival da Macaxeira traz o clima do São João à Praça Nossa Senhora do Rosário. Trios pé de serra animarão o evento

Imagem/Reprodução