Divulgação

Com cancelamento do ponto facultativo de Carnaval, advogado explica sanções para quem não trabalhar

Nesta segunda-feira (7), o Governo de Pernambuco anunciou o cancelamento do ponto facultativo nas repartições públicas estaduais durante o Carnaval, por conta da nova subida de casos de covid-19. Com isso, a época de folia é considerada um período normal de trabalho. Sendo assim, a depender da decisão de cada empresa, o trabalhador que não cumprir sua carga horária poderá sofrer penas.

O advogado trabalhista João Galamba, do escritório Galamba Félix Advogados, explica as possíveis sanções a quem não for ao trabalho durante a data que estava anteriormente determinada para a folia. “Tendo o Carnaval sido cancelado em todo os Estado, se a empresa determina que haverá expediente e o trabalhador chegar atrasado ou faltar, poderá sofrer descontos na folha de pagamento e até mesmo advertências”, disse Galamba.

Pernambuco determinou que os servidores públicos vão trabalhar nos dias 28 de fevereiro e primeiro de março (segunda e terça). Mas cada prefeitura tem autonomia para decidir se libera ou não seus funcionários públicos. Já no caso das empresas privadas, cada uma decide sua situação.


08/02/2022 às 15:05 – Da assessoria para o Blog do Andros

Compartilhe essa matéria, escolha uma rede abaixo.

Check Also

“Sempre que conseguimos gerar mais empregos, precisamos comemorar”, comenta Uchoa Jr ao participar do lançamento da Cerveja Cabaré

Guilherme Uchoa Jr, deputado estadual, foi na terça-feira de Carnaval participar do lançamento oficial da …